14 de maio de 2014

era uma vez!

Ilustração de Gustavo Aimar

Era uma vez um menino chamado Joãozinho.
Agora se chama Maria.

Era uma vez um pato aqui e acolá.
Foi parar na panela.

Era uma vez um bom velhinho.
Ficou ranzinza porque nunca conseguiu se aposentar.

Era uma vez um boneco de madeira com nariz muito grande.
Num inverno rigoroso, virou lenha.

Era uma vez um gato de botas.
Trocou-as por chinelos confortáveis.

Era uma vez um coelho que usava colete.
Não resistiu aos ferimentos quando uma menina caiu em sua toca.

Era uma vez uma menininha.
Agora tem 86 anos.

Era uma vez é passado.



Enviar um comentário