17 de maio de 2014

tic-tac-tic-tac-tic-tac....

"Esse tic-tac dos relógios
é a máquina de costura do Tempo
a fabricar mortalhas"

Mário Quintana




Dos tempos em que o passatempo era ver a vida passar, aos tempos em que a vida passa sem a gente ver.


*Narrativa visual produzida em 2007 durante o mestrado em Cultura Visual | FAV - UFG.


Enviar um comentário